Cabeço de Vide – Olhares no Tempo

Adorei ler Cabeço de Vide- Olhares no Tempo! – Joaquim Barreiros 13/04/2016

Gostei muito do livro, mas já calculava que fosse assim. Adorei saber a história desta terra e dos nossos antepassados. Li o livro em dois dias. Todos os videnses deviam ter este livro. Já li A Última Carta que te Deixei e também gostei muito. Que escreva muitos livros com sucesso! Feliz Natal – Jesuína Ribeiro 15/12/2015

Já fiz uma consulta prévia ao livro. Para mim, está um trabalho histórico muito bem definido! Muitos Parabéns pelo seu excelente trabalho. João M. Carreiras 12-11-2015

O livro Cabeço de vide – Olhares no Tempo está magnífico, além de o considerar muito interessante. Adorei lê-lo! Faz-nos ver como era a vida dos nossos antepassados e percebermos que não era fácil. Adorei ver as fotografias de algumas pessoas idosas quando eram novas. Parabéns à escritora Vera Sousa. beijinho – Rita Galante 02-11-2015

Já tenho o meu e estou a adorar a leitura. Descreve na perfeição pessoas, lugares e situações que conheço tão bem, traz de volta o meu passado, a minha infância, a minha família… Trouxe-me de volta grande parte da minha vida passada em Cabeço de Vide. Adorei as alcunhas… Conheci grande parte dos visados, o meu pai, que era agricultor, por vezes tinha que escrever num papel o nome real dos trabalhadores! …Obrigada Vera – Mª de Fátima,  29-10-2015, Faro

Apesar de nascido e criado em Cabeço de Vide há histórias que vale a pena recordar, outras lê-las pela primeira vez. Obrigado. – José Filipe – 29-10-2015

Eu também já li e está muito bonito. É de uma leitura muito entusiasmante. Deu logo vontade de ler o livro todo de uma vez!!!!!!! – Ana Salgueiro – 28-10-2015

Também eu dou a minha opinião. O livro é maravilhoso. Estou a ficar muito satisfeito conforme vou folheando o livro. Sinto vontade de dizer muitos parabéns VERA pela excelente obra aqui escrita sobre a vila de Cabeço de Vide. Também lhe digo que já tive algum feedback de familiares em elogiar a sua obra. Mais uma vez, parabéns! – Américo Calado – 28-10-2015

Já li o livro todo e posso dizer que fiquei a conhecer melhor a minha terra. Há coisas que não conheço, mas que fiquei agora a saber da sua existência. Por isso digo que este livro é um livro que fala de Cabeço de Vide e merece a pena ser lido. Aconselho a quem gosta de Cabeço de Vide e quer conhecer melhor a sua terra, a adquirir este livro. Eu gosto e aconselho! – Artemísio – 27-10-2015

Adorei. Porque não sei porquê quando é assim me sinto tão emocionada talvez porque nele ou em qualquer outro documento relacionado à minha vila esteja sempre uma grande parte de mim…só tenho uma palavra OBRIGADA – Domítilia – 25-10-2015

Fiquei muito contente. Já estou a lê-lo. Vou gostar de certeza como gostei dos outros que a Vera escreveu. Muitos parabéns por mais este lindo trabalho. beijos –Lurdes -25-10-2015

Tive o privilégio de, por antecipação, ler este livro sobre Cabeço de Vide. Quando viajamos ou passamos em alguns lugares, ainda que nos pareçam que não têm muito “interesse “, por vezes, nem imaginamos os segredos, as lendas, a história e as pessoas que edificaram e contribuíram para que esses locais fossem o que foram, o que são e o que serão no futuro. Ora, lendo esta obra da autoria de Vera Sousa sobre Cabeço de Vide, fica o leitor a conhecer a história fascinante desta terra que em cada página nos surpreende e cativa, pelas suas gentes, desde os mais abastados até ao povo mais humilde e a forma como cada um contribuiu para o bem comum e engrandecimento da sua terra. Resta dizer sobre esta obra que as fotografias e outros documentos nela apresentados são bastante elucidativos ao mostrarem o “antes” e o “depois ” de Cabeço de Vide, mostrando como se faz a História de um Povo. Tenho, ao longo da minha vida, lido alguns livros nos quais são narrados factos, viagens ou acontecimentos que marcaram alguns locais e muitos ficarão perpetuamente fixados na minha memória. Este livro é, seguramente, uma dessas obras cuja leitura recomendo vivamente. Não sou natural de Cabeço de Vide, mas, depois de ler este livro, dá vontade de “ser “! – Manuel Silva, 14-10-2015